Essa etapa tem como objetivo efetivar os benefícios da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos estados e monitorar a efetividade de suas disposições sobre compras governamentais, o impacto no estímulo ao desenvolvimento dos Pequenos Negócios e no desenvolvimento socioeconômico local.
 
No programa de estímulo, utilizaremos indicadores de eficiência para monitorar o crescimento da participação efetiva das PMEs nas compras públicas, bem como utilizaremos indicadores de efetividade para aferir as consequências socioeconômicas do fomento às PMEs locais.
 
A iniciativa do CONSAD e SEBRAE, coordenado pelo Instituto de Compras Governamentais (ICG), para execução de projeto de desenvolvimento de uma metodologia indicadores e métricas, aplicação piloto, orientação, capacitação, e criação de mecanismos de interpretação de dados, envolvendo soluções de integração, documentação e apoio especializado à operação do Projeto "Compras Governamentais e os Pequenos Negócios" conduzido nacionalmente pelo SEBRAE.
 
Um dos objetivos é a definição de indicadores e métricas para mensuração de impacto do uso do poder de compras governamentais sobre o desenvolvimento das PMEs. O projeto apresenta um Modelo de Indicadores capaz de empiricamente refletir os impactos da adoção ou da ausência de implantação políticas e práticas de uso do poder de compras governamental sobre as PMEs. Essa parte do projeto indicará também o marco conceitual dos indicadores sociais, bem como a metodologia adotada para a construção do sistema de indicadores. Em seguida, são analisadas as planilhas de coletas de dados que serão os parâmetros dos indicadores e, finalmente, será apresentado o Modelo de Indicadores com sua estrutura e seus componentes.